‘ORIFLAME SUN ZONE’: CÂMARA ULTRAVIOLETA NAS PRAIAS PORTUGUESAS!

Advertisements

Fonte imagem: LIFESTYLEAOMINUTO.

Olá meus amores

Acabo de te trazer uma mega novidade! A “Oriflame Sun Zone’ é uma iniciativa de sensibilização para os cuidados a ter com a nossa pele nesta estação do ano, com principal enfoque na exposição solar, que pretende mostrar gratuitamente aos veraneantes, através de uma câmara ultravioleta e de um monitor, o impacto que os raios UV têm na nossa pele e de como a proteção solar é importante na prevenção do cancro da pele.

Por isso, não te admires de a partir de hoje (28/07) encontrares a Oriflame nas praias portuguesas com uma  câmara ultravioleta (UV), que vai estar disponível no espaço da marca. Permite ver num monitor o estado da pele sem proteção solar e após a sua aplicação. Desta forma consegue-se perceber como um protector solar faz realmente toda a diferença para proteger a pele.

Fonte imagem: oriflame.pt.

“A aplicação de um protector solar, diariamente, é imperativa para a promoção da saúde da pele, mesmo nos dias nublados, pois as nuvens só bloqueiam uma parcela dos raios solares. Um protector solar adequado deve garantir proteção eficaz contra as radiações UVA e UVB, ser estável ao calor e à radiação UV, ter uma textura agradável e ser fácil de aplicar”, explica Cristina Abreu, Skin Care Specialist da Oriflame Portugal.

A radiação UVA representa mais de 90% da radiação solar que nos atinge e, apesar de ter menor efeito directo sobre o ADN, penetra mais profundamente na pele e, por conseguinte, conduz ao envelhecimento cutâneo. A radiação UVB está associada às queimaduras solares e é responsável pela indução directa de dano ao ADN e pela formação de radicais livres. Se a exposição solar for exagerada e repetida, aumenta a probabilidade de se desenvolverem lesões crónicas, sinais de envelhecimento, ou mesmo cancro de pele.

Fonte imagem: oriflame.pt.

A propósito desta iniciativa de sensibilização à população para a proteção da pele, o Instituto Português Oncologia do Porto Francisco Gentil deixa um alerta: A radiação UVA tem sido associada a 67% dos melanomas malignos e nove em cada 10 novos casos de cancro da pele derivam de uma exposição excessiva ao sol. 

Podes ler mais sobre esta iniciativa na Notícias ao Minuto‘. Visita-nos entre os dias 28 de julho e 6 de agosto, das 10h às 18h:

Fonte imagem: oriflame.pt.

E ainda …

  28 julho – Praia de Monte Gordo (Vila Real de Santo António)
  29 julho – Praia de Quarteira (Loulé)
  30 julho – Praia da Rocha (Portimão)
31 julho – Meia Praia (Lagos)
2 agosto – Praia do Farol (Odemira, Vila Nova de Milfontes)
3 agosto – Praia de São João da Caparica (Almada)
4 agosto – Praia da Rainha (Almada)
5 agosto – Praia de Buarcos (Figueira da Foz)
6 agosto – Praia de Matosinhos (Porto)

Espero que tenhas gostado desta fantástica novidade! Se vais estar numa destas nove praias, não percas a oportunidade de vir ter connosco. PARTILHA e dá a conhecer esta oportunidade aos teus amigos e conhecidos!

Se tiveres alguma dúvida, comenta abaixo ou envia-nos uma mensagem. Subscreve a minha LISTA VIP e recebe em primeira mão, todas as novidades! Adiciona-me como amigo no  ou comenta abaixo. ByO

COWORKING: vale a pena?

Advertisements

Fonte imagem: COWORKING IN IRELAND

Olá,

Há dias, li um artigo sobre o conceito “Coworking” que me deixou a pensar e que hoje, decidi partilhar convosco. Na verdade, eu próprio já usei o coworking no meu próprio negócio Oriflame, na realização de Workshops de Auto-Maquilhagem e Cuidados de Rosto, quer para formações de equipa.

Este conceito tem vindo a surgir nos últimos anos, existindo principalmente em Lisboa e Porto, mas também em muitas outras cidades do país. Na verdade, são um conceito associado à dinâmica das startups, mas que é usado hoje em dia por empresas ou por empreendedores a trabalhar na gestão dos seus projectos, a partir de casa.

Falamos portanto, em escritórios partilhados, permitindo assim, economizar quer nas despesas (renda, água, luz, comunicações, limpeza, etc) e quem os usa, paga uma renda em troca de uma ou mais secretárias e/ou espaço, com acesso  maior ou menor dimensão e que utilizará para reuniões, formações, acções diversas ou até mesmo, workshops.

Efectuei uma pesquisa e na realizada, os pacotes de serviços incluídos podem variar imenso, em função do preço a que uma empresa ou empreendedor está disposto a pagar. Em Lisboa, estes pacotes aproximam-se dos 100€/mês e até mais, enquanto que noutras cidades, podemos ter propostas que rondam os 30€ mensais, claro está, de acordo com as condições e comodidades que o coworking tem para nos oferecer.

Estes espaços caracterizam-se pelo conceito de um ambiente animado, onde se partilham ideias e perspectivas diferentes, da vontade de levar por diante os seus projectos, dos novos contactos que daí possam advir, novas parcerias e quem sabe, novas oportunidades de negócio.

Verdade seja dita, existem igualmente aspectos menos positivos na partilha destes espaços de trabalho, nomeadamente a falta de privacidade ( nos casos dos open space) o, ou o ruído de fundo.

Como em todos os projectos e decisões quer a nível particular e/ou empresa, é tudo uma questão de pesar os prós e contras e avaliar quais são os mais relevantes e decisivos para o sucesso do nosso próprio negócio.

Estamos também no facebook e no instagram, segue-nos e acompanha todas as novidades e ofertas. Faz as tuas compras online e recebe em 72H, através da Loja Online.