Conhece as 5 Emoções Humanas e Universais!

Conhece as 5 Emoções Humanas e Universais!

Advertisements

Quer tenhamos perceção ou não, a verdade é que convivemos com as emoções no nosso dia-a-dia. As emoções fazem parte de nós, do nosso ser, da nossa essência, do EU.

Emoção no dicionário e.mo.ção, do francês émotion é um nome feminino que se refere ao ato de deslocar ou, na psicologia, como um conjunto de reações, variáveis na duração e na intensidade, que ocorrem no corpo e no cérebro, geralmente desencadeadas por um conteúdo mental.

Antes de entendermos um pouco mais sobre o assunto, é importante que tenhamos clareza de que sentimentos e emoções são coisas bem diferentes. Saliente isto, porque é comum as pessoas considerarem que se trata da mesma coisa, mas na realidade não o são.

A emoção é um conjunto de respostas químicas e neurais que surgem quando o cérebro sofre um estímulo ambiental. Já o sentimento (que eu considero um estado d’alma) nada mais é do que uma resposta à emoção, de como nos sentimos face a uma determinada emoção. Assim sendo, apesar de conceitos distintos, emoção e sentimentos estão em conexão.

Para uma melhor compreensão, quando somos sujeitos a determinadas situações, o nosso cérebro liberta hormônios que alteram o nosso estado emocional. Pode até ocorrer reações físicas como choro, suor, alegria ou riso(s). Cada ser humano tem ou pode ter emoções diferentes perante os mesmos acontecimentos. Isto porquê? Porque somos únicos!

Os sentimentos podem durar por um longo período. Os sentimentos negativos podem inclusive originar doenças como a depressão. São exemplos de sentimentos o ódio, a compaixão, o amor, a decepção e a inveja.

Tipos de Emoções

Existem três tipos de emoções: as primárias, as secundárias e as de fundo. Vamos agora, entender um pouco melhor sobre cada uma delas:

  • As emoções primárias são aquelas que são facilmente percetíveis para as pessoas que estão à nossa volta, como por exemplo o medo e a alegria.
  • As emoções secundárias já não são tão fáceis de se notar, como por exemplo o nervosismo, a culpa ou a vergonha. 
  • As emoções de fundo são aquelas que não são percetíveis, como a calma ou a fadiga. São difíceis de serem percebidas porque estão mais relacionadas com o nosso mundo interno de cada um de nós e que muitas vezes, as ocultamos. 

5 Emoções Universais

Todas as situações que vivenciamos e experimentamos no nosso dia-a-dia despertam-nos diversas emoções. Sabias que existem 5 emoções que são consideradas emoções universais? São elas: o medo, a tristeza, a alegria, a raiva e o nojo. 

Conheces o Atlas das Emoções, criado pelo líder espiritual Dalai Lama. É um site interativo que tem como objetivo ajudar pessoas a compreenderem melhor as 5 emoções universais.

A seguir, vou falar-te um pouco sobre cada uma delas!

O medo é um mecanismo de defesa ou proteção que nos mantém vivos. É inato, o nosso cérebro está em alerta máximo, sempre que estamos perante uma situação de perigo o nosso cérebro libera substâncias que fazem disparar o coração e tornam a respiração ofegante e nos coloca em alerta.

A raiva constante e excessiva pode ser bastante nociva para a nossa vida, no entanto, sabias que esta emoção também funciona como um mecanismo de proteção? Interessante, não achas? O sentimento de injustiça gera raiva para que possamos agir em prol do que acreditamos e defendemos. Assim, uma raiva moderada e controlada pode ser útil para nos ajudar a entender os desafios/ obstáculos da nossa vida e procurarmos motivação em busca de soluções. 

O desafio, é focarmo-nos na raiva descontrolada, uma vez que a emoção raiva pode interferir diretamente nas pessoas à nossa volta. A correria do dia-a-dia, o trânsito caótico, reuniões, filas e outros tipos de frustrações geram em nós uma enorme raiva interna. Por isso, o segredo é não nos deixarmos consumir por esta emoção descontrolada e “descarregarmos” em quem está ao nosso lado.

Sim, não é uma tarefa fácil, concordo! Mesmo assim, procura aprender como administrar a raiva de forma saudável para que esta não afete negativamente o teu dia nem as tuas relações (envia-me mensagem ou comenta este post, se precisares de ajuda neste ponto).

A alegria é a emoção mais positiva, está diretamente associada ao prazer e à felicidade. É a emoção que toma conta de nós quando alcançamos determinado objetivo pessoal ou profissional. A alegria é uma das formas que o nosso corpo tem para nos incentivar à ação, mas atua também, em simultâneo, como uma recompensa. 

É importante, no entanto, (re)lembrar que é impossível sermos felizes o tempo todo, por isso, é necessário que estejas pronto(a) para lidar com desafios, obstáculos e frustrações.  A tristeza faz parte das nossas emoções porque também é importante fortalecermos e amadurecermos o nosso eu interior.  

O nojo gera repulsa ou a necessidade de rejeitarmos algo, criando em nós uma sensação de desagrado bem evidente. Um bom exemplo, para que melhor compreendamos, é a cara feia que as crianças fazem quando lhe damos verduras ou algo que detestam, pois trata-se de uma repulsa de ingerir algo que possa ser nocivo.

A principal função do nojo é evitar qualquer tipo de estímulo que possa provocar uma intoxicação. O nojo também está associado a um caráter social, por meio da rejeição de estímulos sociais, situações ou pessoas tóxicas que nos sugam a energia e bem-estar. 

A tristeza é um estado de desânimo, cansaço e solidão pois é assim que a costumamos definir. Por mais que queiramos fugir dela, é necessário entendermos que ela é uma emoção normal e saudável. Em vários momentos da vida, experienciamos ou vivemos momentos de tristeza. E, quando este estado se prolonga por demasiado tempo, atenção pois podes estar a entrar em depressão e deves pedir ajuda de um profissional, com urgência. 

Inteligência Emocional: Aprende a Lidar com as tuas Emoções

A inteligência emocional é uma ferramenta poderosíssima para aprendermos a lidar com as tuas emoções, tanto a nível pessoal como profissional.

Ao desenvolvermos a nossa inteligência emocional, aprendemos a reconhecer e a lidar com as nossas emoções, entender aquilo que nos motiva diante das frustrações e desenvolvemos outras competências como a empatia e outras habilidades interpessoais.

Todos nós estamos aptos a desenvolver a inteligência emocional. Existem diversas formas para o fazermos, pois existe uma vasta panóplia de cursos sobre o tema, mas também, através da terapia com um profissional. Um psicólogo ou um terapeuta irá trabalhar o autoconhecimento e as nossas emoções compreendendo os seus gatilhos e como lidarmos com tudo o que sentimos.

Queres entrar no próximo Desafio 5 Dias, 5 Emoções Universais? 

Muito em breve, irei lançar oficialmente o Desafio “5 Dias, 5 Emoções Universais” que ocorrerá através de uma comunidade (grupo) privada e exclusiva no facebook, com acesso vitalício e no qual podes conhecer e interagir com outras pessoas com o mesmo propósito. Aceitas o desafio?

Entra já para a lista de espera CLICA AQUI, o desafio é gratuito!

Partilha connosco, nos comentários a tua opinião sobre este artigo. Ela é muito importante para mim! Comenta também com outros temas que queiras que aborde aqui no blogue!

Desafio: “5 Dias, 5 Emoções Universais!”

Advertisements

EM BREVE!!! LANÇAMENTO OFICIAL

DESAFIO “5 DIAS, 5 EMOÇÕES UNIVERSAIS”!

Gostas de desafios, quem é que não gosta de um bom desafio?

É com emoção, pois claro, que vos comunico que em breve será lançado oficialmente, o super Desafio “5 Dias, 5 Emoções Universais”. E, o melhor de tudo é que é gratuito e ainda terás direito a uma oferta surpresa, no final do desafio!

Trata-se de um desafio diário, de 5 dias, nos quais vais poder cuidar, escutar e trabalhar as tuas emoções. Parece-te bem?

Onde vai ocorrer?

O super Desafio “5 Dias, 5 Emoções Universais” irá ocorrer numa comunidade exclusiva e privada no facebook, com acesso vitalício, na qual vais poder conhecer, interagir, vivenciar e experienciar com outras pessoas da comunidade, com os mesmos interesses e propósito. Mais detalhes, serão anunciados em breve!

LISTA DE ESPERA!

O que me dizes, aceitas o desafio? Bora lá … ENTRA JÁ para a lista de espera!

O Desafio é Gratuito!!! RESERVA O TEU LUGAR, preenche o formulário abaixo:

 

Acredita e Confia em Ti, TU podes!

Cromoterapia: Significado da cor Laranja!

Advertisements

Cada pessoa tem uma cor preferida e cada uma das cores diz alguma coisa sobre nós mesmos.

Neste artigo, vamos conhecer a influência da cor laranja sobre o nosso organismo.

Na Cromoterapia, a cor laranja traz-nos força, coragem, determinação e ousadia. É uma cor que nos estimula e inspira, dá energia e faz-nos agir/fazer acontecer.

Sabias que a cor laranja é considerada a cor da prosperidade? É verdade, afinal, se estivermos mais ousados, corajosos e cheios de energia, tudo flui de maneira tranquila, sentimo-nos mais seguros.

A cor laranja é uma mistura ou sinergia entre as cores vermelho e amarelo.

Na Cromoterapia, o laranja é utilizado para tratar problemas relacionados com o baço, pulmões, o pâncreas e os músculos. É uma cor estimulante e ajuda a minimizar as crises de asma, bronquite, reduz dores menstruais e é um excelente energizador e eliminador de gorduras localizadas.

Gostas deste conteúdo? Qual é a tua cor favorita, comenta abaixo nos comentários.

 

Cromoterapia: Significado da cor Azul!

Advertisements

Cada pessoa tem uma cor preferida e cada uma das cores diz alguma coisa sobre nós mesmos.

Neste artigo, vamos conhecer a influência da cor azul sobre o nosso organismo.

Na Cromoterapia, a cor azul é a primeira cor fria, mais subtil para trabalharmos as nossas emoções e sentimentos. Traz-nos calma, relaxa a mente e consequentemente o corpo, permitindo-nos um contacto com a nossa essência, a conectar-nos com o nosso eu interior.

A cor azul, atua diretamente no Chakra Laríngeo, localizado na zona da garganta, e facilita a verbalização e expressão, tudo o que sentimos ou que nos incomoda e suga as energias.

Assim sendo, sempre que sentires a necessidade de trabalhar a energia da comunicação, faz a seguinte tarefa: começa por visualizar a cor azul no teu Chakra Laríngeo, por cerca de cinco minutos diários. Uma outra possibilidade é a ingestão de água solarizada da mesma cor.  Se pretenderes saber mais ou como preparar a água solarizada, comenta este artigo ou envia-me mensagem privada.

Gostas deste conteúdo? Qual é a tua cor favorita, comenta abaixo nos comentários.

Cromoterapia: Significado da cor Vermelho!

Advertisements

Cada pessoa tem uma cor preferida e cada uma das cores diz alguma coisa sobre nós mesmos.

Neste artigo, vamos conhecer a influência da cor vermelho sobre o nosso organismo.

O vermelho traz vitalidade, confiança, otimismo, coragem, sucesso e atração. É também, uma cor que aumenta a energia, vitalidade e adrenalina.

Na Cromoterapia, o vermelho é utilizado para melhorar o funcionamento do coração e ativar a circulação sanguínea. A cor vermelha ajuda a curar a depressão e melhorar a autoestima.

Gostas deste conteúdo? Qual é a tua cor favorita, comenta abaixo nos comentários.

Cromoterapia: Significado Cor Verde!

Advertisements

Cada pessoa tem uma cor preferida e cada uma das cores diz alguma coisa sobre nós mesmos.

Neste artigo, vamos conhecer a influência da cor verde sobre o nosso organismo.

Na Cromoterapia, a cor verde possui uma ação refrescante e calmante, ajuda a promover o bem-estar físico e mental. Também está ligado ao elemento madeira, por isso combina muito bem com o marrom. A cor verde representa crescimento e traz equilíbrio e calma.

Gostas deste conteúdo? Qual é a tua cor favorita, comenta abaixo nos comentários.

O Que é a Cromoterapia?

Advertisements

Ao longo da nossa vida, são inúmeras as vezes que os nossos amigos, familiares ou colegas de trabalho, nos perguntam: Qual a tua cor favorita? Pois é … uma boa dúzia de vezes, certo?

E, ainda antes de, avançar para o tema deste artigo, pergunto-te: Já alguma vez te sentiste mais alegre ou melancólico(a), ao usar determinada cor de vestuário? Acredito que sim, o que acontece é que nem sempre conseguimos identificar o motivo ou, simplesmente, associá-lo ao facto da cor de vestuário que usados.

As cores têm esse poder de influenciar as nossas emoções, tanto do nosso corpo físico como mental. As cores fazem parte do nosso dia-a-dia, estão presentes à nossa volta e muito raramente, pensamos sobre isso.

Então, convido-te a descobrir este mundo maravilhoso das cores, a magia que esta terapia fabulosa nos pode oferecer, despertar ou consciencializar para melhor vivermos, com mais qualidade de vida e bem-estar, em pleno equilíbrio físico, mental, emocional e espiritual.

HISTÓRIA DA CROMOTERAPIA

Vem daí, vamos juntos conhecer um pouco da história da Cromoterapia, acredita-se que terá sido possivelmente, o primeiro tipo de terapia usada pelo Homem.

A  terapia da Cromoterapia é usada desde as antigas civilizações, do Egipto antigo, Índia,  China, Grécia, nos grandes templos de Karnak e Tebas de Luz, Heliópolis (cidade da luz).

Desde a antiguidade que já se tinha conhecimento do espectro solar (luz do sol) sobre as nossas vidas e da sua importância na sua utilização. O tratamento pela cor, foi possivelmente, o primeiro tipo de terapia usada pelo homem, sendo um recurso natural para equilibrar o organismo e mantê-lo em perfeita harmonia, tanto na absorção das cores como no uso das cores através da ingestão de alimentos.

Nos tempos de Atlântida as doenças físicas, mentais e emocionais eram tratadas com as cores. Os seus habitantes construíram um templo de cura pelas cores, fazendo assim experiências sobre o uso destas, na saúde. Ao redor da sala principal existiam salas individuais de forma de cura, cada uma com uma cor diferente para um fim específico. Estas salas eram usadas para a cura física, partos, problemas de relacionamento e até, emocionais. 

Também os egípcios construíram templos de cura. Arqueólogos descobriram vários templos construídos de tal forma que os raios solares refletiam as cores do arco-íris, as salas tinham janelas de cristal ou vidro que filtravam a luz que emanava as cores.

As pessoas passavam por um diagnóstico e depois eram colocadas numa sala que emanava a cor da qual estavam em desarmonia ou em falta. Os egípcios usavam também outras técnicas como os cristais, pois acreditavam que eles também possuíam as cores puras do Universo. Também podes gostar de (re)ler Cristais: conexão e paixão, que partilhei algum tempo, aqui no blogue.

O QUE É CROMOTERAPIA E COMO FUNCIONA

A Cromoterapia é baseada nas sete cores do espectro solar e cada uma delas tem a sua vibração específica.

Esta técnica consta na relação das principais terapias complementares reconhecidas pela OMS (Organização Mundial de Saúde), desde 1976.

As cores representam potenciais químicos que vibram em frequências elevadas e que atuam nas células do corpo humano, equilibrando-o num todo.

Existe uma cor responsável por cada órgão ou sistema do corpo humano. Uma cor que estimula o seu bom funcionamento, enquanto que outra o inibe e potencia o seu desequilíbrio. Assim, ao conhecermos a ação das diferentes cores sobre cada órgão ou sistema, podemos aplicar a cor apropriada (em falta) para preservarmos a nossa saúde, manter o nosso corpo em equilíbrio e vivermos uma vida mais saudável e com bem-estar.  

As doenças instalam-se no nosso corpo físico quando o equilíbrio dos órgãos é perturbado ou se encontra em desequilíbrio. É importantíssimo conhecermos o nosso corpo e sabermos escutá-lo!

O ser Humano e a natureza necessitam da luz do sol para viver. Recebemos a luz solar a qual tem sete raios solares principais que são distribuídos pelo nosso corpo, físico e energético. Assim, ao existir desequilíbrios dessas cores no nosso corpo físico, adoecemos.

Existem diversos instrumentos para a introdução das cores em falta ou em desequilíbrio no nosso corpo, como é o exemplo do bastão cromático, lâmpadas, lanternas, natureza, alimentos ou até mesmo pela visualização e imaginação. Aplica-se a cor no Chakra (centro energético do nosso corpo) ou no local a ser tratado, com o objetivo de resgatar a harmonia vibracional das áreas afetadas, restabelecendo a saúde física, ,mental, emocional e espiritual.  

Assim sendo, a Cromoterapia é a prática científica da utilização de luzes de diferentes cores no tratamento de doenças do corpo, da mente e sentimentos, os quais estão em desequilíbrio.

Este método é capaz de equilibrar as “energias” do corpo humano, tratando doenças e trazendo bem-estar, num todo.

Já conhecias a história da cromoterapia? Nos próximos artigos, vamos desmistificar o significado das cores e como elas são tão importantes, no nosso dia a dia! Comenta aí nos comentários, qual a tua cor favorita!

A Natureza e o Poder Da Mente!

Advertisements

Partilho contigo, um excerto do livro “Comanda a tua mente, comanda o teu destino“, de James Allen, autor do bestseller “Tu És Aquilo Que Pensas“.

“O ser humano, enquanto ser pensante, dispõe de todos os poderes da mente e é dotado de uma capacidade ilimitada de escolhas. Aprende através da tua experiência e podes acelerar ou retardar a tua aprendizagem. Não estás arbitrariamente preso a nada, foste tu que criaste as amarras que te prendem a muitas coisas; e porque foste tu mesmo que as criaste, poderás, quando quiseres, libertar-te delas”.

Conta-me aí nos comentários a tua opinião ou se preferires, envia mensagem privada.

A Saúde em Portugal: a Autoavaliação Feita Pelos Portugueses!

Advertisements

“A Saúde dos Portugueses – Um BI em nome próprio”, estudo promovido pela Médis, em associação com a Return on Ideas.

A Saúde em Portugal, numa autoavaliação feita pelos portugueses, sobre o tema “Diz Que Disse da Saúde”. Trata-se de um estudo promovido no âmbito dos 25 anos da Médis que teve a coordenação da Return On Ideias e o acompanhamento de Maria do Céu Machado, Presidente do Conselho Disciplinar da Ordem dos Médicos, Professora Catedrática Jubilada da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa e ex-Presidente do INFARMED, I.P., publicado na revista Visão. 

Decidi, partilhar convosco algumas das conclusões do estudo “A Saúde dos Portugueses – Um BI em nome próprio”.

  • Numa escala de 1 a 10, os portugueses avaliam em 7,3 o seu estado de saúde atual. Cerca de metade dos portugueses (52%), com mais de 18 anos, avalia como bom ou muito bom o seu estado de saúde, 31% consideram o seu estado de saúde razoável e 17% mau ou muito mau. Nesta avaliação, há uma relativização no que toca à saúde que se tem. Exemplo disso são pessoas sem qualquer doença que se reconhecem pouco saudáveis e pessoas com diagnósticos de doenças (por vezes graves) que se consideram razoavelmente e até bastante saudáveis. 
  • 75% dos portugueses admitem resistência em pedir ajuda no caso de doenças do foro mental. A primeira associação que os portugueses fazem de saúde é o bem-estar físico. A saúde mental não é equacionada na avaliação da saúde que se tem, mesmo que existam problemas do foro mental diagnosticados. Na amostra deste estudo, 7% dos inquiridos têm uma doença mental diagnosticada, mas é possível (e provável) que o peso dos que têm problemas de saúde mental seja superior. Percebe-se uma tentativa de fuga deste rótulo e 66% dos inquiridos a quem foi diagnosticada doença mental reconhecem ainda sentir discriminação da sociedade em relação a algumas doenças, como as mentais. 
  • Parte importante da população considera ter uma atitude pró-saúde aquém do desejável. O indicador “Potência Saúde” avalia em que medida as pessoas estão a empenhar-se na manutenção ou melhoria do seu estado de saúde e, entre o esforço que cada um declara fazer e o que poderia ser feito, há espaço de melhoria da saúde. Numa escala de 0,5 a 10, os resultados revelam uma potência média moderada de 6,03. Verifica-se que 46% dos portugueses estão abaixo do nível médio da escala, o que significa que parte importante da população considera ter uma atitude pró-saúde aquém do desejável ou possível, ou seja, integra poucos comportamentos efetivos de defesa ou melhoria do seu estado de saúde e bem-estar. Na amostra, 41% consideram fazer um esforço razoável, 21% um esforço elevado e 11% um esforço muito elevado para se manterem saudáveis (ou mais saudáveis). 
  • Os portugueses começam a fazer um esforço em prol da saúde a partir dos 65 anos. A idade é um fator que desencadeia uma maior preocupação com a saúde. No entanto, esta alteração de comportamento poderá já chegar demasiado tarde. Na realidade, só depois de conhecerem o que ganham (por melhorias na alimentação, perda de peso, etc.) é que as pessoas valorizam a saúde ao ponto de reprogramar comportamentos. Esse grau de esforço, entre os 18 e os 64 anos e numa potência alta ou muito alta, varia entre 27 e 40%. Na faixa etária dos 65 aos 74, este valor atinge os 40%. A mobilização para este esforço deveria começar mais cedo. É importante perceber como se podem antecipar comportamentos de vida mais saudáveis na vida das pessoas. 

Podes descarregar e guardar o pdf, ao clicar no link: https://lnkd.in/eU_Zn82.

Qual a tua opinião, sobre este assunto? Partilha connosco aí nos comentários.

4 Atitudes Que Tornam a Vida Mais Fácil e Leve!

Advertisements

Hoje, recebi esta mensagem: “Nem sempre os nossos pensamentos nos fazem bem, O nosso olhar para a vida muitas vezes atrapalha-nos ao invés de nos ajudar.” Em seguida, foi-me dada a oportunidade de conhecer 4 atitudes para me ajudar a ter uma vida mais leve e focada, no AGORA.

A verdade é que esta mensagem faz todo o sentido para mim e para ti? Desta forma, decidi partilhá-la contigo!

Queres conhecer as 4 atitudes que tornam a vida mais fácil e leve? São elas: 

  1. Não Julgamento;
  2. Intencionalidade;
  3. Uma coisa de cada vez
  4. Reflexão

Para refletires sobre cada uma destas etapas, reserva cerca de 10 minutos do teu dia, para acompanhar o vídeo completo, abaixo ou, basta clicar no link: https://youtu.be/__EFRGf5Hnw .

Este artigo/post, oferece os créditos para o Adriano Sugimoto, que foi quem partilhou comigo esta mensagem. Podes acompanhá-lo no Instagram ao clicar AQUI.

Conta-me aí, nos comentários o que achaste deste artigo!

Elogios!

Advertisements

Um elogio no momento certo pode fazer milagres no dia e na vida de quem o recebe!

Nós precisamos de elogiar, reconhecer o que é bom, o que de melhor existe e ousar deixar isso registado. A partir de hoje, vais poder deixar o teu elogio sobre o trabalho que desenvolvo com muito amor e paixão!

Existem duas formas para nos elogiar:

Elogia-nos através de um comentário, abaixo deste post. Faz referência ao link da tua rede social, para retribuirmos o elogio, ou então,

O Que são Florais de Bach?

Advertisements

Os Florais de Bach são uma terapia com base no uso de essências florais e medicinais, desenvolvida em 1929, pelo Dr. Edward Bach (médico inglês infeciologista). O principal objetivo é devolver o equilíbrio entre a mente e o corpo, tornando-o livre para o processo de cura.

A terapia com os Florais de Bach é natural, não tem contraindicações e utiliza ao todo 38 tipos diferentes de essências que ajudam a expulsar as emoções/pensamentos negativas do nosso corpo, como são o exemplo do medo, do ódio, da preocupação ou indecisão.

Os Florais de Bach devem ser utilizados como complemento ao tratamento médico convencional e não devem substituir as orientações médicas, especialmente se estiverem a ser utilizados sem a supervisão ou aconselhamento de um especialista/ terapeuta floral.

Como Funcionam os Florais de Bach?

Segundo o criador do Florais de Bach, Dr. Edward Bach, o estado de espírito e as emoções têm um papel fundamental no aparecimento e na cura de diferentes problemas de saúde Isto é, quando alguém sente emoções negativas, como medo, raiva ou insegurança, é fácil que o equilíbrio entre a mente e o corpo se desequilibre, conduzindo ao surgimento de doenças. Assim, os Florais de Bach visa o equilíbrio físico, mental, emocional e espiritual, ajudando o paciente a aceitar e trabalhar as suas emoções.

Como Escolher os Florais Corretos?

Os 38 Florais de Bach foram  divididos em 7 categorias diferentes, são elas:

  1. Medo;
  2. Insegurança;
  3. Perda de Interesse;
  4. Solidão;
  5. Sensibilidade Em Alta (aumentada);
  6. Desespero;
  7. Preocupações.

Dentro de cada categoria, cada floral tem a sua indicação específica e, por isso, na hora de escolher o melhor floral recomenda-se que consultes um(a) especialista/terapeuta floral, que avaliará o(a) paciente através do seu comportamento e sintomas, qual a(s) emoção/emoções que pode/podem estar em desequilíbrio.

Na verdade, um problema pode ter várias alterações emocionais na sua base, pelo que poderão ser utilizados mais do que um ou dois florais no tratamento, podendo ir no máximo até 7.

O Que é o Rescue Remedy?

O Rescue Remedy é uma mistura desenvolvida pelo Dr. Edward Bach pronta a ser adquirida e combina a sinergia de 5 tipos de florais diferentes. Pode ser usado em casos de SOS causados pelo stress do dia-a-dia, por forma a ultrapassar situações difíceis e naqueles momentos de ansiedade (por exemplo, um exame de faculdade ou uma entrevista de emprego).

Os florais que fazem parte desta sinergia são: Impatiens, Estrela de Belém, Ameixa de Cerejeira, Rosa de Rocha e Clematis.

Nota importante: como já mencionado, a terapia com os Florais de Bach é natural, não tem contraindicações, não deve ser usado como substituição de uma subscrição ou tratamento médico e, sendo um(a) principiante, recomendo que recorras sempre a ajuda de um(a) especialista/terapeuta floral.

Pretendes saber mais sobre os Florais de Bach, queres saber como usar corretamente os Florais de Bach, envia-me uma mensagem, comenta este post, envia e-mail para geral@joaquim-gomes.com ou preenche o formulário abaixo:

E tu, usas ou já usaste algum Floral de Bach? Qual a tua opinião, feedback sobre este post? e utiliza ao todo 38 tipos diferentes de essências que ajudam a expulsar as emoções/pensamentos negativas do nosso corpo, como são o exemplo do medo, do ódio, da preocupação ou indecisão.

 

O Que é a Aromaterapia?

Advertisements

A Aromaterapia é reconhecida como “uma antiga arte e ciência de misturar Óleos Essenciais extraídos de plantas e outros compostos vegetais para equilibrar, harmonizar e promover a saúde do corpo e da mente”, segundo a Internation Federation Aromatherapistis.

 

Os Óleos Essenciais é o que nos permite de uma forma simples e eficaz a aplicação da Aromaterapia proporcionando-nos inúmeros benefícios. A aromaterapia é assim, uma prática terapêutica em que se utiliza as propriedades dos Óleos Essenciais 100% puros para restabelecer o equilíbrio e bem-estar pessoal. É através do olfato que é absorvido pelo nosso organismo a pureza dessas moléculas e partículas mais sublimes existentes na mãe natureza de forma a proporcionar-nos a cura para dores emocionais, físicas e mentais através do nosso sistema nervoso central.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) calcula que 80% da população mundial utilize plantas aromáticas e medicinais (PAM) em cuidados básicos de saúde. Os óleos essenciais podem, por exemplo, ajudar a relaxar e dormir, a melhorar a digestão e até o aspeto da pele. A aromaterapia é a forma de tratamento incluída no grupo das medicinas alternativas reconhecidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que recorre aos óleos essenciais (de origem vegetal) para tratar problemas físicos e emocionais.

 

Sabias que podemos identificar três abordagens dentro da aromaterapia?

É verdade, temos a abordagem Clínica, Holística e Aromacológica:

  1. A Aromaterapia Clínica direciona-se para a química dos Óleos Essenciais no que respeita ao tratamento do nossos sistema imunológico, como parte da área farmacológica.
  2. A Aromaterapia Holística com o objetivo do equilíbrio entre o corpo, mente e espírito que usa os efeitos psicológicos e emocionais usando os Óleos Essenciais. Tem como foco o uso em massagens e terapias energéticas.
  3. A Aromaterapia Aromacológica é o termo utilizado para definir cientificamente a influência que os compostos aromáticos têm sobre os nossos sentimentos e emoções e como estes podem agir de maneiras tão diferentes proporcionando-nos tantos benefícios.

Interessas-te ou desejas conhecer um pouco melhor o “mundo” dos Óleos Essenciais?

Deixo-te um convite para assistires ao próximo Workshop 100% Gratuito e 100% Online “Dia-a-Dia Com Os Óleos Essenciais”, já no dia de amanhã, domingo 04/07/2021 às 21:00 horas através da plataforma zoom.

Para poderes receber, atempadamente, os dados de acesso à sala online no zoom, é necessário efetuares a reserva. Basta clicar na imagem acima ou carrega aqui para reservar o teu lugar!

 

O Workshop “Dia-a-Dia Com Os Óleos Essenciais” é um evento do Ricardo Rosa, Biólogo, Doutorado em Ciências Biomédicas, Massoterapeuta, Terapeuta Energético e Holístico.

Podes conhecer um pouco melhor do seu trabalho, ao visitar a sua página no facebook em Fascínio Lunar – Centro de Terapias Complementares ou o site www.fasciniolunar.com.

P.S. Partilha este post com um(a) amigo(a) que consideras que este workshop vai fazer todo o sentido para ele(a)!

Conta-me aí nos comentários a tua opinião sobre este artigo ou, qual/quais os óleos essenciais que já usas no teu dia-a-dia!

 

Nova Conquista: Terapeuta Holístico!

Advertisements

É com muita alegria e gratidão, que partilho contigo mais uma maravilhosa conquista: Certificação como Terapeuta Holístico!

Ao longo de alguns meses de muita aprendizagem, estudo, horas de dedicação, empenho e paixão, chegou o grande momento, sou oficialmente, Terapeuta Holístico!

É, na verdade, uma missão e propósito de vida: ajudar pessoas a alcançarem o seu potencial máximo. A construírem a vida que desejam com amor e equilíbrio físico, mental, emocional e espiritual.

Com esta certificação, estou apto para a realização de diversos atendimentos como Terapeuta Holístico:

  • Terapeuta Holístico
  • Reiki
  • Hipnose Clínica
  • Baralho Cigano
  • Tarot
  • Numerologia
  • Cromoterapia
  • Radiestesia
  • Astrologia
  • Aromaterapia
  • Mesa Radiónica
  • Terapia Floral
  • PNL
  • Registros Akáshicos
  • Florais Etéreos
  • Cristais e Ervas
  • Ciganologia
  • Cura Xamânica Estelar e
  • Regressão.

Encontro-me a ultimar as ofertas de terapias e serviços. De momento, estou a fazer atendimentos online de Numerologia, pelo que já podes solicitar o teu Mapa Pessoal Numerológico!

Caso tenhas alguma dúvida ou pretendas saber mais sobre alguma das terapias acima, comenta este artigo ou envia mensagem privada.

A Vida

Advertisements

Hoje, partilho contigo este texto maravilhoso da autoria do psicoterapeuta Bert Hellinger.

Vale (muito) a pena ler!

“A vida dececiona-o pra você parar de viver com ilusões e ver a realidade.
A vida destrói todo o supérfluo até que reste somente o importante.
A vida não te deixa em paz, para que deixe de culpar-se e aceite tudo como “É”.
A vida vai retirar o que você tem, até você parar de reclamar e começar agradecer.
A vida envia pessoas conflitantes para te curar, pra você deixar de olhar para fora e começar a refletir o que você é por dentro.
A vida permite que você caia de novo e de novo, até que você decida aprender a lição.
A vida lhe tira do caminho e lhe apresenta encruzilhadas, até que você pare de querer controlar tudo e flua como um rio.
A vida coloca seus inimigos na estrada, até que você pare de “reagir”.
A vida te assusta e assustará quantas vezes for necessário, até que você perca o medo e recupere sua fé.
A vida lhe distancia das pessoas que você ama, até entender que não somos esse corpo, mas a alma que ele contém.
A vida ri de você muitas e muitas vezes, até você parar de levar tudo tão a sério e rir de si mesmo.
A vida quebra você em tantas partes quantas forem necessárias para a luz penetrar em ti.
A vida confronta você com rebeldes, até que você pare de tentar controlar.
A vida repete a mesma mensagem, se for preciso com gritos e tapas, até você finalmente ouvir.
A vida envia raios e tempestades, para acorda-lo.
A vida o humilha e por vezes o derrota de novo e de novo até que você decida deixar seu ego morrer.
A vida lhe nega bens e grandeza até que pare de querer bens e grandeza e comece a servir.
A vida corta suas asas e poda suas raízes, até que não precise de asas nem raízes, mas apenas desapareça nas formas e seu ser voe.
A vida lhe nega milagres, até que entenda que tudo é um milagre.
A vida encurta seu tempo, para você se apressar em aprender a viver.
A vida te ridiculariza até você se tornar nada, ninguém, para então torna-se tudo.
A vida não te dá o que você quer, mas o que você precisa para evoluir.
A vida te machuca e te atormenta até que você solte seus caprichos e birras e aprecie a respiração.
A vida te esconde tesouros até que você aprenda a sair para a vida e buscá-los.
A vida te nega Deus, até você vê-lo em todos e em tudo.
A vida te acorda, te poda, te quebra, te desaponta… Mas creia, isso é para que seu melhor se manifeste… até que só o AMOR permaneça em ti”.
Autor e Psicoterapeuta Bert Hellinger.
O que achaste deste texto, faz sentido para ti? Conta-me aí nos comentários e partilha com os teus amigos.